icon
dias
:
horas
:
min.
:
seg.

🖤 frete grátis acima de R$295 para mamães e pequenos de qualquer estado 🖤

como armazenar leite materno: tudo o que você precisa saber | 7 min de leitura

Mãe com bebê ao fundo de imagem focada em mamadeira

hoje, vamos ensinar a você como armazenar leite materno! 🤱🏻 como já sabemos, o leite materno é fundamental para o desenvolvimento do bebê, sendo o primeiro alimento da sua criança. 🍼

o leite materno é uma excelente fonte de gorduras, carboidratos, vitaminas e anticorpos que garante o crescimento e desenvolvimento saudável do bebê. sendo tão importante assim, é necessário que o leite sempre esteja disponível para a criança, não é mesmo? 

porém, esse é um fator bastante delicado para algumas mães, tendo em vista que, com o passar dos meses, é necessário voltar a rotina que muitas vezes deixa a mãe longe do bebê por muitas horas.

diante disso, uma das principais estratégias da mamãe é aprender a armazenar o leite materno da forma correta. 🧐 e, para te ajudar nessa missão, trouxemos esse guia completo para você. 

não perca essas dicas valiosas e fique aqui com a gente. ah, aproveite para conferir as mantas, flufis e cobertores personalizados da coisasdenine. tuuudo 100% algodão e feitos com estampas ecológicas. 

 

como armazenar o leite materno?

o armazenamento do leite é uma etapa de extrema importância, tendo em vista que é ela que garante a qualidade e a segurança deste alimento tão importante para o bebê. uma vez coletado, o leite materno deve ser armazenado em um recipiente esterilizado e, em seguida, guardado em um local que garanta a sua validade.

se você coletou o leite e não tem a intenção de utilizar o material coletado em menos de 12 horas, você pode congelar o leite de forma que ele estará em perfeito estado por vários dias. 😍

o congelamento do leite deve ser feito em um recipiente que tenha pelo menos dois dedos de folga entre o líquido e a tampa. esse espaço é necessário pois, após congelado, o leite irá expandir e essa folga evita que o recipiente estoure.

também é interessante que o recipiente tenha uma alta capacidade de vedação para que não vire no congelador. como forma de organizar melhor e identificar quais são as coletas mais recentes, é importante que você adicione etiquetas informando a data de coleta.

para o armazenamento correto do leite materno, você pode seguir as exigências da Rede de Bancos de Leite Humano, que solicita que o congelador deve ter uma porta individual, separada do refrigerador, para melhor controle de temperatura. além disso, a temperatura deve ser mantida igual ou superior a -10 °C (10 graus negativos). 🥶

dentro dessas condições, o leite materno estará apto para o consumo em até 15 dias, desde que você mantenha os recipientes organizados de forma que os mais antigos estejam mais acessíveis que os novos. com isso, você estará evitando descongelar um leite novo por engano, sem correr o risco de perder a validade de outro mais antigo. 😁

 

quais as vantagens de armazenar leite materno?

o armazenamento de leite materno possibilita que a mamãe possa retornar a sua rotina e trabalho, sem medo de deixar o bebê sem o seu alimento.

depois do período da licença-maternidade, as mamães que voltam ao trabalho não precisam se preocupar, afinal, sempre terá leite armazenado para manter a amamentação. ou seja, a vantagem principal de armazenar leite materno está justamente no ato do bebê continuar recebendo todos os nutrientes necessários de forma correta.

 

fatores a considerar, antes de armazenar leite materno

existem alguns fatores que devem ser considerados no momento de armazenar o leite materno, de forma a garantir a segurança e qualidade.

o primeiro ponto que deve ser mencionado é com relação aos recipientes, que devem estar esterilizados. 

caso seja utilizada uma bomba para coleta do leite, é possível que ela já venha com embalagens próprias para o armazenamento, corretamente higienizadas. porém, se você utilizar potes de vidro, é necessário que eles tenham uma vedação completa e estejam esterilizados.

a esterilização pode ser feita de 3 formas:

imagem de mamadeiras com pessoa anotando medidas no fundo

Utilizando esterilizadores

existem diversos modelos de esterilizadores que podem ser utilizados, inclusive, alguns podem ser aquecidos no micro-ondas.

Fervendo os recipientes

ferver potes em água é uma das formas mais comuns de esterilizar, sem a necessidade de qualquer outro equipamento.

desse modo, você pode adicionar na água, os potes e tampas por, pelo menos, 15 minutos e depois, deixar que eles sequem virados com a abertura para baixo, sobre panos limpos.

Forno

potes de vidro podem ser esterilizados no forno utilizando uma bandeja de metal.

coloque os potes virados para cima em uma bandeja de metal e leve-os ao forno por 10 minutos, em uma temperatura de 108 °C, além disso, as tampas devem ser fervidas.


 

quais são as formas de armazenar leite materno?

agora que você já conhece o procedimento que deve ser feito antes do armazenamento, com o devido cuidado com os potes, é chegada a hora de saber como esse leite pode ser armazenado.

as formas de armazenamento possibilitam que você tenha o melhor aproveitamento do leite. seja o armazenamento sendo feito no recipiente, na geladeira ou no congelador, é necessário ter sempre disponível a quantidade suficiente para alimentar o bebê com o leite materno até quando for possível.

como já sabemos, o leite materno é rico em nutrientes fundamentais para o desenvolvimento do bebê, por isso, é tão necessário se dedicar à coleta e armazenamento do leite, especialmente se a produção for abundante. 🍼

a depender da forma como o leite é armazenado, ele pode não durar tempo suficiente, além de perder seus nutrientes, por isso, se atente ao tempo de validade para cada forma de armazenamento.

veja só:

no recipiente

o armazenamento do leite pode ser feito em temperatura ambiente por, no máximo, 2 horas. esse é o tempo que podemos dizer que o leite ainda estará seguro para o consumo do bebê, antes que os microrganismos tomem conta do líquido.

essa regra vale também para o período de mamada. se o seu bebê começou a mamar às 9h e não tomou todo o leite, ele só poderá ser utilizado até às 11h.

lembrando que o leite deve ser mantido em temperatura ambiente, não tente colocá-lo na geladeira para conservar por mais tempo. o leite só deve ser utilizado dentro de duas horas, depois desse tempo, o que restar deve ser dispensado.

imagem de mamadeiras cheias com leite materno

na geladeira

se você quiser prolongar o tempo de validade do leite, após a coleta, é possível armazená-lo na geladeira por um período máximo de 12 horas.

caso a intenção seja preservá-lo por mais tempo, o indicado é que você congele o leite. dessa forma, é possível manter a integridade do alimento.

na geladeira, o leite materno jamais deve ser armazenado na porta da geladeira ou perto de produtos frescos. o local mais indicado é na região mais fria, nas prateleiras mais altas.

depois que o leite sair da geladeira, ele deve ser consumido em um período máximo de até 2 horas, após aquecido ou após ter ultrapassado esse período, o leite não consumido deverá ser descartado.

no freezer ou congelador

para períodos mais longos, o leite materno pode ser armazenado no freezer ou congelador.

se o seu equipamento tem a capacidade de manter os produtos da geladeira abaixo de -10 graus, o leite congelado estará em perfeito estado de conservação por até 15 dias. 

ao congelar, não se esqueça das dicas que passamos anteriormente para você. deixe sempre dois dedos livre entre o líquido e a tampa, pois o leite expande depois de congelado e coloque etiquetas nos frascos com a data da coleta. 

com esses procedimentos, você evita que o frasco estoure, desperdiçando leite e com o controle de data, você utilizará os primeiros leites guardados, evitando o desperdício também.

fatores nutricionais do leite materno

o leite materno é um dos alimentos mais completos para a nutrição do bebê, sendo uma fonte inigualável de gorduras, proteínas e carboidratos, além de nutrientes importantes para o crescimento da criança. 😋

não somente, o leite materno maduro conta com a quantidade ideal de anticorpos, componentes do sistema imune que são fundamentais para o seu bebê lidar com infecções. 🌡️

imagem de mãe amamentando bebê com mamadeira

o leite materno possui diferentes composições que acompanha as necessidades do bebê à medida que ele cresce. na primeira fase, a mãe produz o colostro, um leite que  possui uma coloração amarelada, sendo mais rico em proteínas e anticorpos. 🍼

após uma semana, podemos identificar o leite de transição, sendo mais rico em gorduras e carboidratos que o colostro, sendo mais espesso.

depois de 21 dias do nascimento do bebê, a mãe passa a produzir leite maduro, um líquido que possui maior quantidade de gorduras, carboidratos, vitaminas, proteínas e anticorpos.

veja na lista abaixo a composição completa do leite materno maduro em uma quantidade de  100 ml:

  • energia: 66 calorias
  • água: 87,5 g
  • proteínas: 1,17 g
  • gorduras: 3,4 g
  • carboidratos: 7,5 g
  • vitamina A: 68 mcg
  • vitamina D: 0,1 mcg
  • vitamina E: 0,35 mg
  • vitamina B1: 0,08 mg
  • vitamina B2: 0,03 mg
  • vitamina B3: 0,2 mg
  • vitamina B6: 0,01 mg
  • vitamina B12: 0,01 mcg
  • ácido fólico: 6 mcg
  • vitamina C: 4 mg
  • cálcio: 32 mg
  • fósforo: 19 mg
  • magnésio: 4 mg
  • ferro: 0,1 mg
  • zinco: 0,1 mg
  • potássio: 69 mg

como aquecer o leite materno?

imagem de mãe amamentando bebê com mamadeira

depois que o leite for resfriado ou congelado, é preciso aquecê-lo para oferecer ao bebê, não é mesmo, mamãe? 🧡

fazer isso é bem fácil e, em apenas 3 passos, o seu bebê poderá tomar o leite na temperatura perfeita para ele.

em primeiro lugar, você deve amornar o leite. essa etapa pode ser feita fervendo a água, primeiramente e, em seguida, desligue o fogo e coloque o recipiente com o leite materno em uma panela, dentro da outra com a água fervida. 

vá agitando lentamente  para misturar os componentes do leite, que se separam no tempo em que ele estava em repouso. 

para saber se chegou no aquecimento ideal, realize o teste de temperatura. para isso, deixe cair uma gota no dorso da sua mão, se não queimar, está na temperatura ideal. assim, você já poderá oferecer o leite ao seu bebê. lembrando que o que sobrar deve ser descartado.

uma recomendação do Ministério da Saúde é que o leite não seja fervido ou aquecido no micro-ondas, por isso, considere como única opção aquecer em banho-maria.

caso o leite esteja congelado, é necessário pensar nele horas antes do momento da mamada do neném. retire do congelador e coloque na parte de baixo da geladeira até descongelar. em seguida, você já poderá aquecê-lo em banho-maria.

colocar o leite na geladeira antes do banho-maria é necessário, tendo em vista que esse tipo de aquecimento não é o suficiente para descongelar e aquecer. mesmo congelado, sempre escolha descer para a parte de baixo o leite que estiver guardado há mais tempo, evitando que ele estrague. 

seja doadora de leite materno

você sabia que o leite materno pode ser doado? é isso mesmo, mamãe! se você possui uma alta produção de leite materno e o seu bebê não consome no mesmo ritmo, faça uma boa ação: doe e pratique um ato de amor. ❤️

se você puder, doe o seu leite para o banco de leite humano mais próximo da sua casa. essa é uma organização que entrega o leite para uti's de hospitais onde recém-nascidos que não podem ser amamentados por suas mães estão internados.

outra situação em que o seu leite pode ser utilizado é quando a mãe não produz leite materno em quantidade suficiente, por isso, essas mulheres costumam recorrer a bancos de leite. 🍼

cuidados ao armazenar o leite

para orientar melhor você em como armazenar leite materno, revise o checklist abaixo com todos os cuidados que você deve ter nesse processo:

  • o leite deve ser guardado no refrigerador logo após a extração;
  • melhor congelar o leite caso ele não seja utilizado dentro de 12h;
  • o pote deve ser utilizado limpo com tampa, dê preferência ao vidro ou de plástico rígido;
  • evite recipientes com tampas metálicas, por conta do risco de contaminação, dê preferência a fechamento hermético;
  • conserve o leite em pequenas quantidades (de 60 a 120 ml);
  • adicione etiquetas nos recipientes com a data de extração do leite;
  • se, ao agitar, o leite não estiver uniforme e apresentar cheiro desagradável, ele deve ser descartado;
  • jamais aqueça o leite no micro-ondas, para não perder as suas propriedades;
  • não guarde o leite na porta da geladeira;
  • não misture leite descongelado com leite fresco.

conclusão

imagem de mãe com bebê ao lado dormindo

pronto, agora você com certeza já se sente mais instruída sobre como armazenar o leite materno com todas essas dicas que trouxemos para você, mamãe. 💛

como você pode perceber no decorrer do texto, realizando os procedimentos adequados, o seu neném poderá se alimentar corretamente e ter todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento saudável, mesmo que você não consiga estar presente nesses momentos.

aproveite para explorar mais temas relacionados à maternidade aqui no nosso blog

ah, está procurando flufis, mantinhas e cobertores personalizados para fazer parte do enxoval do bebê? aproveite para conhecer nossos produtos aqui no site www.coisasdenine.com . todos nossos produtos são 100% algodão, não superaquece o neném e duram a infância todinha!
Post anterior
Próximo post